Logotipo
Produtor parceiro do Grupo BIG, participante do Clube dos Produtores

Sustentabilidade

Compromisso em estimular uma cadeia de valor socialmente responsável

Trabalhamos para que nossas relações comerciais estimulem os fornecedores a repensarem sua cadeia de produção e nossos clientes, suas decisões de compra. Queremos influenciar positivamente todos os segmentos, desde a indústria até o consumidor final, e adotamos práticas que ajudam a reduzir ao mínimo o impacto ambiental e social de nossas operações, sem deixar de oferecer a nossos clientes os melhores produtos.

Arte representando os pilares da Sustentabilidade

Com um olhar atento para questões socioambientais críticas, como desmatamento e trabalho escravo, fomos a primeira varejista do Brasil a monitorar 100% da carne bovina produzida no bioma Amazônia. Em dezembro de 2015, concluímos a implantação de nosso Sistema de Monitoramento e Gestão de Risco da Carne Bovina. Desde então, garantimos a nosso consumidor que não vendemos carnes que contribuam para o desmatamento da Amazônia e o trabalho escravo, nem que tenham origem em áreas embargadas e terras indígenas. Depois dessa experiência bem-sucedida, expandimos nosso programa para o Cerrado.

Além disso, boa parte de nossa operação é abastecida com energia elétrica proveniente de fontes renováveis, e temos tolerância zero com fornecedores que submetam seus trabalhadores a condições degradantes.

Soja

Assim como a pecuária bovina, a produção de soja está concentrada principalmente nos biomas Amazônia e Cerrado e, por isso, também assumimos o compromisso de desmatamento zero atrelado à soja nos produtos que comercializamos. Também atuamos muito próximo a diversos parceiros e iniciativas para construir uma abordagem que permita aprimorar políticas, desenvolver a rastreabilidade, engajar fornecedores e reportar resultados.

Trabalho escravo

Atualmente, somos associados ao InPACTO (Instituto Pacto Nacional pela Erradicação do Trabalho Escravo) – cuja missão é promover a prevenção e a erradicação do trabalho escravo no Brasil – e não mantemos relações comerciais com empresas que tenham submetido trabalhadores a condições de trabalho escravo, com verificações na Lista da Transparência. Com práticas de compras responsáveis, estabelecemos expectativas de fornecimento, avaliamos o risco da cadeia de suprimentos e monitoramos suas condições por meio de auditorias, além de fornecermos procedimentos e ferramentas para o time comercial e para os fornecedores.

text


Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
Linkedin